15 Oct 2018

RESEARCH WITH IMPACT: Diagnóstico e Mapeamento da Fertilidade do Solo no Brasil

A série Research with Impact explora a dimensão da escassez de fósforo e potássio nos solos brasileiros.


O artigo mais recente publicado na série mensal do IPNI Research with Impact explica que o planejamento das futuras demandas de fertilizantes exigirá conhecimento sobre o local onde os nutrientes e os condicionadores do solo normalmente estão em falta.
O IPNI Brasil associou-se ao Instituto Agronômico de Campinas e à Universidade Estadual de São Paulo para coletar dados e realizar um levantamento da fertilidade do solo no país, iniciando pelo estado de São Paulo. As análises de solo fornecidas por 26 laboratórios de 501 cidades foram resumidas em artigos, que estão disponibilizados no site do IPNI Brasil. A realização desse trabalho só foi possível graças à relação confiável estabelecida entre parceiros do setor acadêmico e da indústria, proporcionada pelo IPNI.
A pesquisa revelou que 88% das amostras de solo analisadas no estado de São Paulo estão classificadas entre os limites “muito baixo” e “médio” para fósforo. Para o potássio, 81% das amostras de solo foram classificadas nesse mesmo intervalo. Isso demonstra que existe um grande potencial para aumentar o rendimento das culturas, alterando-se a fertilidade dos campos com a aplicação adequada de nutrientes.
Um resumo das análises de pH do solo mostra que 30% das amostras apresentam-se extremamente ácidas e que as culturas que se desenvolvem nesses campos mostram uma resposta de alto rendimento à aplicação de calcário. As culturas não conseguem recuperar efetivamente os nutrientes aplicados quando seu crescimento é limitado pelo baixo pH.

Mais informações: Interactions