10 Sep 2018

Participação em dia de campo


A adoção da rotação de culturas visando a qualidade do solo tem evoluído bastante nas áreas de produção de grãos do Cerrado. Ademais, tal decisão permite conciliar a produção animal com vantagens positivas tanto na melhoria das condições químicas, físicas e biológicas do solo quanto na rentabilidade econômica da atividade agrícola e na eficiência de uso da terra. Dr. Eros Francisco, diretor adjunto do IPNI, visitou uma propriedade rural no município de Itiquira-MT que vem investindo na rotação de culturas e na integração lavoura-pecuária para a melhoria da qualidade do solo. No dia de campo, realizado na fazenda, discutiu-se o benéfico do cultivo da braquiária após a soja nas condições físicas do solo reduzindo o efeito negativo da compactação causada pelo excesso de tráfego em solo úmido, muito comum em lavoura de grãos do Cerrado, como também o investimento em confinamento de bovinos possibilitado pela safrinha de carne com o pastejo da braquiária após a colheita da soja. Ademais, a propriedade experimentou na última safra o cultivo do nabo forrageiro e do trigo sarraceno como plantas de cobertura para rotação, com resultados promissores.

Mais informações: Interactions